por

Planejamento estratégico: como elaborá-lo de forma simples?

Fundamental para empresas de diferentes portes e ramos de atividades, um planejamento estratégico é uma necessidade para quem busca aperfeiçoamento constante e precisa de informações de qualidade para a tomada de decisões rápidas e importantes.

Com o mercado cada vez mais exigente e competitivo, empresas que não tenham uma visão estratégica ou não adotem um plano de ações eficiente podem levar desvantagem significativa.

Fazendo uma alusão simplificada, um planejamento estratégico funciona como uma espécie de roteiro, onde são descritos aonde se quer chegar, quais os caminhos serão percorridos, quais os métodos serão utilizados e todas as demais ações a serem realizadas em determinado período de tempo.

Neste artigo, vamos falar sobre este tema, assim como sua importância para garantir o sucesso e a lucratividade da empresa. Continue a leitura e acompanhe!

Planejamento estratégico: entenda por que é tão importante

Todo gestor empresarial conhece a importância de planejar as ações e, consequentemente, os rumos que a empresa deverá tomar no espaço de tempo preestabelecido. Independentemente das decisões a serem tomadas, é fundamental que elas sejam pensadas, discutidas e planejadas de modo a cumprir todos os objetivos propostos e gerar os resultados desejados.

Nesse contexto, a ferramenta perfeita para atingir esse objetivo é um planejamento estratégico completo, eficiente e bem alinhado à realidade e às expectativas da empresa. Pode-se dizer que esse é um ponto-chave para a definição do futuro da empresa, uma vez que, sem organização e visão eficiente, a empresa tende a ficar à “deriva” e corre o risco de estar despreparada para lidar com momentos desfavoráveis.

O planejamento estratégico é o começo de tudo, onde serão definidas as estratégias da empresa. Por isso, ele precisa ser realista e inspirador a ponto de servir de motivação para todos os envolvidos, sempre buscando atingir o resultado inicial traçado.

Geralmente, o planejamento estratégico compreende períodos de longo prazo. Por isso, é importante que sejam feitas, sempre que necessário, análises do andamento das ações e alinhamentos. Como os planos são para períodos maiores, nem sempre é possível ter uma visão aprofundada de todos os detalhes envolvidos, além de se estar sempre sujeito a fatores e imprevistos internos e externos.

Uma ferramenta muito eficaz para fazer essa análise e mapear as fraquezas, forças, oportunidades e principais ameaças é a análise SWOT, a qual oferece uma base de dados muito relevante para o desenvolvimento de planejamentos estratégicos.

Para enfrentar e vencer todos os desafios do mercado, além das constantes mudanças do cenário econômico, é preciso saber com clareza quem é a sua empresa, quais são os seus objetivos e aonde quer chegar ao longo do tempo. A partir daí, todas as demais decisões poderão ser tomadas com embasamento e precisão.

Relação entre planejamento estratégico e orçamento empresarial

Planejamento Estratégico

Os planejamentos estratégico e orçamentário estão diretamente ligados entre si e também ao sucesso da empresa. Afinal, como sempre afirmamos aqui no blog da Treasy, “o Orçamento Empresarial é a tradução do Planejamento Estratégico em números”.

Diante disso, é preciso levar em consideração todos os setores envolvidos no planejamento, assim como os profissionais que se envolverão por um longo período de tempo, a fim de manter toda a equipe motivada para atingir sus metas e, consequentemente, aumentar os lucros.

Passo a passo para montar um plano estratégico

Defina objetivos, metas e indicadores

A principal função de um planejamento estratégico é definir quais serão os objetivos e metas a serem atingidos, assim como os indicadores que deverão ser utilizados para medir os resultados alcançados, sejam eles financeiros ou operacionais.

Uma metodologia muito usada para essa finalidade é a OKR (abreviação para o termo em inglês Objectives and Key Results), em português Objetivos e Resultados Chave, que consiste em estruturar as metas a serem alcançadas por todos os departamentos da empresa, para que, no fim, todos os resultados atingidos sejam somados em uma visão macro do processo.

Na prática, isso significa que um objetivo maior traçado pela direção da empresa é desmembrado e reorganizado em outros menores, os quais serão executados em cada departamento, de acordo com sua especialidade. No fim desse processo, todas as metas setorizadas (individuais e coletivas) são tomadas para obter o resultado final pretendido.

Resultados da equipe A+ Resultados da equipe B + Resultados da equipe C = RESULTADO ALCANÇADO PELA DECISÃO MACRO.

Uma vez definidos quais serão os objetivos e as metas tanto macro quanto em cada departamento, é preciso estabelecer quais indicadores serão usados para analisar a eficiência de cada um. Entre os principais meios, podem estar:

Analise o cenário do mercado

O cenário externo é um fator muito relevante para seu planejamento estratégico, pois ele é capaz de influenciar significativamente os seus resultados.

Ciente dessa realidade, é indicado fazer um estudo do mercado, onde devem ser apontados os cenários atuais, as projeções futuras, as possíveis oportunidade e também os riscos tanto nos cenários atuais quanto nos futuros.

Descubra seus pontos fortes e fracos

Para ser bem-sucedido, um planejamento estratégico precisa estar bem alinhado com a realidade e as expectativas da empresa. Por isso, é muito importante que o gestor conheça quais são os pontos fortes, assim como os principais pontos a serem corrigidos e/ou realinhados.

Com essas informações, é possível traçar um diagnóstico interno que certamente será relevante para a tomada de decisões importantes, além de servir como base para comparações futuras.

Monitore resultados

O monitoramento constante do andamento das operações é um meio de garantir que tudo saia sempre como o planejado. Caso isso não ocorra, é preciso repensar a execução da meta.

Construa um plano de ação

O plano de ação vai servir como um guia para a implementação de todo o planejamento definido. Ele deve ser construído com base em todas as informações obtidas sobre cenário, condições, capacidade de execução da empresa e possíveis desafios a serem enfrentados no período estabelecido.

O plano de ações deve ser lógico e fácil de entender, garantindo, assim, que todas as atividades sejam desenvolvidas de acordo com seus prazos e responsabilidades.

Neste artigo, falamos sobre planejamento estratégico e sua importância para o sucesso de uma empresa. Diante dos diversos fatores internos e externos envolvidos no processo, é preciso manter-se atento e estar sempre um passo à frente da concorrência.

Gostou das nossas informações e quer saber mais sobre o tema? Então não perca tempo e solicite agora mesmo a ajuda de um dos nossos consultores pelo nosso site. Será um prazer atendê-lo!

Artigos Relacionados


Also published on Medium.